geral@quintanevesmartinsbarata.pt

272 247 730

Notícia RACAB


Residencial Sénior Neves Martins Barata já abriu portas em Lentiscais

A Residencial Sénior Neves Martins Barata acaba de abrir portas na aldeia de Lentiscais, na freguesia de Castelo Branco, com capacidade para receber, no total, cerca de 50 utentes. A instituição social foi pensada há dois anos, pelo seu administrador, Manuel Martins Barata, que sempre teve o sonho de investir na aldeia de onde é natural.


O espaço fica à entrada da localidade e foi apresentado esta segunda-feira, 21 de outubro, à comunicação social. Na ocasião, Manuel Martins Barata, visivelmente emocionado, revelou que após ter estado emigrado 40 anos em França, regressou à sua terra natal depois de alguém lhe ter dito que “os Lentiscais é para acabar”.


Foi nesse sentido que Manuel Martins Barata e a sua família criaram a Neves Martins Barata - Apoio Social, LDA, uma empresa que gere a Residencial Sénior, e que neste momento já presta serviço a 8 utentes.


No decorrer da apresentação do projeto, Ana Carrega, diretora técnica da instituição social, afirmou que a implementação desta residência no interior do país, que tem elevada taxa de envelhecimento, “representa por si só um importante fator de âmbito social”.
Além disso, a responsável falou dos três tipos de serviços prestados e revelou que este é “um conceito diferenciado, quer no espaço físico, quer um conceito muito próprio no cuidado dirigido a cada utente”.


Ana Carrega, diretora técnica da Residencial Sénior Neves Martins Barata, em Lentiscais, disse ainda que os serviços da instituição são abertos a toda a comunidade. Para isso, os interessados podem fazer-se sócios e adquirir o “Cartão dos Amigos da Quinta” para usufruir de todos os cuidados, quer de saúde (fisioterapia, hidroginástica, rastreios, gabinete médico), quer de lazer.


Nesse sentido, a empresa assume-se como “um espaço aberto à comunidade” e tem vindo a estabelecer várias parcerias.
Hélder Martins, administrador da empresa Neves Martins Barata, sobre a Residencial Sénior localizada na aldeia de Lentiscais. Uma instituição privada, que além dos serviços prestados criou 4 camas, especificamente para pessoas naturais da aldeia, que tenham necessidades ou estejam sinalizados por outras instituições.


Tendo em conta a construção da Residencial Sénior, a empresa precisou de instalar fibra ótica no espaço e foi nesse sentido que levou o investimento a toda a aldeia. De acordo com Hélder Martins, o serviço de fibra ótica chegou a Lentiscais por intermédio da empresa que administra, permitindo assim que toda a aldeia tenha acesso a este tipo de rede.

 


Partilhar: